Pular para o conteúdo principal

Os 100 melhores filmes românticos dos últimos 25 anos




O mundo do cinema já nos presenteou com histórias de amor tão lindas, que parecem existir apenas nos filmes. Histórias que nos emocionam, nos fazem chorar, nos ensinam, nos fazem sonhar e muitas vezes nos divertem, pois não é por contar uma história de amor que não pode ser engraçada.

Confira a nossa lista com os 100 melhores filmes de romance dos últimos 25 anos, e lembre-se que é impossível colocarmos tantas lindas histórias numa ordem que seja justa, então você pode dizer quais os seus filmes favoritos.




P.S. Eu Te Amo
Um Amor Para Recordar
Titanic
Uma Linda Mulher




Tristão e Isolda
Antes Termine o Dia
De Repente é Amor
O Amor Pode Dar Certo




Diário de Uma Paixão
Cidade dos Anjos
O Segredo de Brokeback Mountain
Chocolate




Um Lugar Chamado Nothing Hill
Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças
O Amor Não Tira Férias
Antes do Amanhecer




Como Perder um Homem em 10 Dias
Shakespeare Apaixonado
Dirty Dancing
No Balanço do Amor




Quatro Casamentos e Um Funeral
Simplesmente Amor
Edward Mãos de Tesoura
Íntimo e Pessoal




As Pontes de Madison
Moulin Rouge
Jerry Maguire
Noiva em Fuga




Quando Um Homem Ama Uma Mulher
Como Se Fosse a Primeira Vez
Wimbledon - O jogo do Amor
Alguém Tem Que Ceder




Uma Carta de Amor
Ghost
De Repente 30
Letra e Música




Desejo e Reparação
O Casamento do Meu Melhor Amigo
A Casa do Lago
Para Sempre Cinderela




O Melhor Amigo da Noiva
Nunca Fui Beijada
Doce Lar
O Diário de Bridget Jones




Segundas Intenções
Muito Bem Acompanhada
O Casamento Dos Meus Sonhos
Tudo Acontece em Elizabethtown




10 Coisas que Eu Odeio em Você
Minha Mãe Quer que Eu Case
Louco Por Você
Á Primeira Vista




O Guarda-Costas
Três Vezes Amor
O Amor é Cego
Um Casal quase Perfeito




O último dos moicanos
Casamento Grego
Hitch – Conselheiro Amoroso
Nove Meses




Mensagem Para Você
Orgulho e Preconceito
Quem Vai Ficar Com Mary?
O Carteiro e o Poeta




Nunca é Tarde Para amar
O Filho da Noiva
Kate & Leopold
Enquanto Você Dormia




Amor à Segunda Vista
Crepúsculo
Mais Que o Acaso
Antes do Pôr-do Sol




Ela Dança, Eu Danço
E Se Fosse Verdade
Amor em Jogo
Mensagem Instantânea




Jogo de Amor em Las Vegas
Um Príncipe Em Minha Vida
O Paciente Inglês
Encontro Marcado




Harry e Sally - Feitos um para o Outro
Quando o Amor Acontece
Johnny e June
Don Juan Dearco




Namorada de Aluguel
Procura-se Amy
Curtindo a Liberdade
Ela é Demais




Lendas da Paixão
Green Card - Passaporte para o Amor
Frankie e Johnny
Patch Adams - O amor é contagioso




Apenas Amigos
As 7 Regras do Amor
Diário de uma louca
Show Bar




Um Show de Vizinha
Quero ficar Com Polly
Sob o Sol da Toscana
Tudo Por amor






Colaboração Miguel e Mariana

Postagens mais visitadas deste blog

“Amor” à primeira teclada?

Você acredita em amor à primeira vista? E antes da primeira vista, por meio de um teclado? Acredita que isso seja possível? No mundo cibernético, com a chegada do romance virtual, parece que o amor à primeira teclada está na concepção de alguns que entram nas salas de bate-papo em busca de uma aventura sexual, de um romance casual ou de uma relação emocional séria. No entanto, na maioria das vezes, no momento em que saem do virtual e caem na real, percebem que o verdadeiro amor é muito difícil de acontecer via on-line. “A Internet nos jogou numa nova era romântica. As pessoas mentem muito nas salas de bate-papo da Internet, e na maioria das vezes, não são nada do que dizem ser. Além de se deparar diante de pessoas que só estão querendo uma aventura, há possibilidades de encontrar também estupradores, ladrões, viciados, assassinos e pessoas com problemas morais, cujas preferências sexuais podem ser bem diferentes das suas. A autora conta em seu livro a história de uma garota de 20 anos qu…

Conheci, namorei e casei com meu amor em 51 dias

Vi o Wallace na rua e, em menos de 2 meses, estávamos morando juntosPOR Milena Emilião


Eu estava perto da escola onde dava aula quando vi um taxista. Ele era gordinho, como eu gosto. Nossos olhares se cruzaram. Continuei meu caminho e ele me chamou.

— Qual é o seu nome? Você trabalha aqui? — É Renata, sou professora. — O meu é Wallace, que horas você sai?
No fim da tarde, vi pela janela da sala de aula que ele estava me esperando. Me arrumei e desci. Lá fora, olhei para o Wallace e sorri. Ele retribuiu e me ofereceu uma carona. Aceitei.
Ele era casado
Só entrei no carro porque ele tinha o crachá da cooperativa de táxi, que é bem respeitada aqui em Santos. Até a minha rua foram dez minutos, mas, quando chegamos, ficamos mais de duas horas conversando no carro. Descobri tudo sobre ele: tinha 28 anos e arrastava um casamento falido fazia oito.
Me apaixonei pelo Wallace, mas fiquei com um pé atrás, afinal, ele era casado. Mesmo assim, nos falamos por telefone durante uma semana. Até que ele avisou…